quinta-feira, 2 de maio de 2013

Os (des)sintomas

Meninas, queria agradecer o carinho de vocês em cada comentário no post anterior. Vocês são muito queridas por mim, saibam disso.

Não sei se vocês se lembram: eu estava realmente calma quanto a receber ou não o meu positivo nesse ciclo. Claro que teve o dia em que eu não entendi nada do que estava sentindo, mas foi só compartilhar aqui com vocês que eu fiquei mais tranquila de novo. Eu até cheguei a mencionar em alguns comentários que eu achava que não tinha sido esse mês e tal. E eu comentei isso porque eu achava que estaria arrancando os cabelos de ansiedade para fazer logo o teste caso eu realmente acreditasse que já era positivo. E não foi isso que aconteceu. Mas nesse mesmo post, eu tinha dito que estava sentindo um tipo novo de pressentimento.

Resolvi organizar os pré-(des)sintomas que senti aqui nesse primeiro post. (des)sintomas porque não foi enjoo, não foi tontura, ou seios sensíveis. Nada do que eu achei que seria, rs. Vamos a eles:

Primeiro sintoma: sensação real no corpo, na região do estômago, desde a metade do ciclo. Não era no ventre, era mais em cima. Mas era real. E eu nunca havia sentido nada parecido, mas também não me assustei. Eu rezava pedindo discernimento pra entender, porque até então nem pressentimento eu sabia que era. E marido falava: calma que na hora certa você descobre o que é.
Segundo sintoma: leve sensação de inchaço. Com essa eu desencanei e realmente fiquei uns 3 ou 4 dias achando que ia descer a qualquer momento, e não só na semana seguinte, como eu estava prevendo. Mas não desceu.
Terceiro sintoma: mudança sutil nos seios. Eles não doíam, os mamilos não ficaram mais escuros; mas eu sabia que estavam mudando, principalmente porque somente os bicos ficaram um pouquinho maiores. E depois, já perto da "data limite" que estipulei (que foi quanto tinha durado o último ciclo), aí sim os seios ficaram um pouquinho maiores, mas sensíveis não. Eu tenho os seis murchos pequenos, então eles não ficaram enormes, mas mais "gordinhos", hahaha. (diferente de quando era só inchaço de tpm).
Quarto sintoma: chorar por nada. Veja bem, eu demorei pra entender que isso era um sintoma, simplesmente porque eu sou uma pessoa de choro fácil mesmo. Mas certo dia, meio irritada com umas coisas, passei o braço rápido num pacote de bolacha maizena que tinha acabado de abrir e caiu tudo espatifado no chão. O que eu fiz? Peguei uma vassoura  pra limpar e salvar as que ainda restaram dentro do pacote? Não, minhas caras. Eu comecei a chorar a bolacha derramada.
Eu até comentei aqui que estava mais sensível e achando que era tpm, doce ilusão, rs.

Ok, tudo isso aí em cima ainda estava sutil e espaçado. Eu notava, mas deixava rolar. Não dava pra assimilar tudo ainda. Quando foi na quinta-feira, dia 25 de abril, eu tive uma reunião à tarde e fiquei muito tempo sem comer. Fui de lá direto pra hidroginástica e, no fim da aula, eu era só fome. Comi um pão de queijo para aguentar chegar em casa. Cheguei, jantei... e a fome não passou.
E aqui entram, juntos, mais três sintomas: fome sem fim, salivação e sede, tudo à noite. Eu queria comer mais, mas queria uma coisa diferente que nem eu sabia o que era. Quando percebi, estava salivando muito, o que, depois, me provocava uma mega sede que só passava (e até hoje está assim) com água gelada.
De repente, pedi para minha mãe uma coisa, que seria o próximo sintoma: desejo de comer canjica (detalhe: era mais de 21 horas). Ela não fez e eu fiquei frustrada. Na sexta (que seria o dia que eu esperava que descesse), foi a mesma coisa da noite anterior. Muita salivação, sede e vontade de comer canjica. Ainda sobre os desejos, também aconteceu, no sábado, de eu querer sorvete de creme, com calda de caramelo e paçoca, mas tinha que ser na taça. Ainda tenho esse desejo de vez em quando, rs.
A partir da quinta-feira eu já comecei a ter certeza desconfiar que algo estava acontecendo dentro de mim. Sábado eu comprei dois testes, mas coloquei na cabeça que só os faria na segunda.
Domingo recebemos visita e ficamos o dia todo ocupados. Quando todos foram embora, a vontade de fazer logo o teste foi me dominando aos poucos e eu perguntei pro marido: que dia você acha que eu faço o teste? E ele: quando você quiser... tipo agora, que você está com muita vontade. (hahaha ele me conhece bem sim ou com certeza?)

Aí criei coragem e fui ao banheiro...
mas isso eu conto no próximo post ;)

5 comentários:

  1. hahahaha adorei o seu texto!!! é bem isso, eu senti bastante disso tudo aí.... =)
    senti muita cólica tbm, muita!!! até inseri uns comprimidinhos de progesterona por um tempo, depois passou.

    estou adorando saber dos sintomas da primeira gravidez.

    beijos, chuchu!

    vai fazer us qdo?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Dani!
      as cólicas eu só comecei a sentir quando já sabia do positivo, de vez em quando ainda sinto de leve, então não entrou na minha lista de (des)sintomas, haha...

      ai, menina!! tô DOIDA pra fazer um us logo, tipo hoje, mas só no fim do mês, eu acho... vou contar tudinho no próximo post eu acho, rs.

      Beijo beijo!

      Excluir
  2. Ai Mari, nem me prendo mais aos sintomas, porque tive simplesmente todos que você descreveu, apaixonada por bolo de chocolate, fiquei com vontade de comer bolo de abacaxi...rsrs, e o olfato então?!Marido disse que posso trabalhar de farejadora para a polícia...rsrs, então nem dou bola mais pra esses sintomas.Um dia eles serão indicativos do meu baby né?!O jeito é ter paciência!Bjuss

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nossa, Má, nem me fale! Também já tinha sentido alguns desses sintomas antes tb e até tinha achado que a hora era aquela. Quando desencanei, veja só, dois positivos rindo da minha cara, hahaha
      A ficha ainda tá caindo, acredita?

      Beijo beijo, tô terminando aqui o próximo post ;)

      Excluir
  3. Oi Mari...
    Estou há 1 mês sem AC e jurei que tinha ficado grávida.
    Meus seios incharam, senti as fisgadas na barriga e essa sensação de frio na barriga e borboletas no estomago tb. E sonhei com minha vó que é falecida me entregando uma menininha (minha Maria), mas não foi esse mês, estou no 37º do ciclo, nada de miss red e dois betas negativos.
    Só me resta paciência...
    Beijos
    Olivia

    ResponderExcluir

Deixe seu comentário e faça uma família feliz :)