segunda-feira, 10 de junho de 2013

Tanta coisa...

Tenho sentido uma intensidade diferente esses dias.
Quer dizer, intensa sempre fui. Sinto demais, penso demais, quero demais, sonho demais. Mesmo!
Mas tenho pensado algumas coisas novas. E mais, ando sentindo mesmo, além do pensar, algumas coisas que ainda não consigo explicar, nem colocar no papel. Ou seja, a coisa tá bruta ainda, preciso de mais um tempinho.

Quinta-feira foi a segunda consulta na Casa Angela. Chegamos lá, Cleber e eu, uns vinte minutos antes do horário marcado. Tinha uma moça e o marido, com o nenenzinho deles, de 26 dias. Coisa mais fofa, gente. Estavam lá porque ela tinha consulta pós-parto, e o bebê também (bebê que nasce na Casa Angela - ou que a mãe teve acompanhamento todo lá, mas não nasceu lá porque não dava mesmo - tem consultas pediátricas com eles até os 40 dias, ou até 1 ano, como a mãe preferir). Ele não nasceu lá, teve que ser cesárea mesmo, mas todos passavam bem. A mãe muito bem, animadíssima!!! Conversamos bastante. O pai também, super participativo. E eu pensando, depois: essa interação é que faz a diferença. A gente chega, tem uma mesa delícia com bolachinhas, frutas, suco, chá; ali mesmo, na espera, a interação entre as mães é muito natural. A mãe me dizendo que, no final da sua gravidez, tinha dias que passava o dia todo na Casa, só pela companhia e pelo astral; que fez todos os cursos (tem muita coisa disponível); muito legal mesmo. Até as enfermeiras entram na conversa. Rimos muito. Todo mundo gosta de estar ali. Não é aquela coisa fria, sem graça.
Pois bem. Chegou a nossa vez. Estamos muito bem, obrigado. A consulta foi ótima, conversamos bastante, como sempre. Exames todos feitos já, e tudo dentro do esperado. A não ser o de glicose, que não está alterado, mas porque sou gestante, o valor tinha que ter sido um pouquinho menor. Então a Camila (EO) já pediu aquele exame de curva glicêmica (e sim, já estou sofrendo-chorando-rezando três terços para conseguir sobreviver à ele). Apesar de depois eu ter lido que esse exame só é feito lá pelas 24 semanas, mas enfim.
E por falar em semanas, lembram da minha confusão pra contar o tempo, né?! Pela DUM, ontem eu completei 11 semanas. Pelo ultrassom (que eu não repeti depois, ficou só aquele mesmo), eu estaria completando 9 em algum momento dessa semana (e eu estava considerando essa idade). Mas a Camila disse que como não deu pra ver o bebê, ela ainda está considerando a DUM, porque é pelo tamanho do baby que calculamos a idade gestacional. Fiquei confusa de novo, rs.
Ela tentou ouvir o coração da Bolota, mas ainda não deu.

Sobre o exame que terei que fazer, só tenho a dizer que fiquei arrasada, me sentindo péssima e culpada. Muito. Fim. Em contrapartida, tenho total consciência de que a minha alimentação está boa, sim. Já faz bastante tempo que não exagero em nada (há mais tempo do que tenho de grávida, quero dizer). E agora com a gravidez, então, meu paladar mudou consideravelmente. Nem se eu quiser eu consigo comer muita coisa, além de frutas e coisas salgadas. Aliás, tenho sentido desejo de bolo (caseiro, comum, sem calda, só bolo), mas também não como uma quantidade grande, entendem como é? (e óbvio que não como todo dia também, haha). Definitivamente, não consigo ser radical em nada. Bom senso e moderação são meus aliados na alimentação, sempre foram. (mas depois vejo se faço um post à parte sobre alimentação).
Tem também meus exercícios. Próximo sábado começo a yoga na Casa Angela (junto com o Cleber, tudo lá o acompanhante está incluso). Tinha parado um pouco antes de ficar grávida, porque o local que eu fazia entrou em reforma e precisamos dar um pausa. Já a hidro, parei por conta própria, porque antes eu sentia muito cansaço; e depois veio aquela onda de gripe e São Paulo foi a cidade que mais registrou casos, e muito idoso junto, vestiário muito cheio, chão sempre molhado... eu senti mesmo que deveria dar um tempo. E dei. Mas daqui a pouco eu volto, numa unidade mais perto da minha casa, porque a que eu fazia era muito longe - e o ônibus muito cheio. Então o tempo que fiquei sem praticar alguma coisa não foi muito, estou tranquila mesmo. Mas com medo. Tudo junto.

Próximo ultrassom provavelmente na semana que vem, êêêê!!! Mas só se eu achar um laboratório que aceite o pedido do ultra com carimbo de enfermeira, porque o que tentei marcar só aceita o de médico.
Marquei consulta com a médica que, muito provavelmente, será meu plano B, caso, por algum motivo, não dê certo na Casa. Só consegui pro dia 01/07, mas já é um começo, rs.

Ontem dei uma surtadinha, querendo ver minha Bolota logo. Ainda tá passando.

E parece que ainda tenho um monte de coisa pra escrever, mas preciso sentir mais.


E vocês, como estão?
Boa semana pra nós :)

15 comentários:

  1. Aiii ser grávida acho que não é fácil "pros" pensamentos, ideias, sentimentos neh?! Mais mesmo assim deve ser muito bom!!! hahaa
    Bjus
    http://seraquevousermae.blogspot.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não tá fácil ser gestante, hahaha
      É uma delícia, sim, muito!! Mas mexe com a gente também...
      mas é porque daqui uns meses tudo vai mudar mesmo, né?!, então é bom pra eu já ir em acostumando, rsrs

      Beijão!

      Excluir
  2. Imagina eu que nunca vi o tano que tenho surtado??
    E eu tb ando meio estranha, pensando muito, enjoando muito, ficando um bagaço, mas acho que faz parte!!

    E medo acho que é normal!!

    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Minha sorte é que não enjoo, Suzy! Agradeço a Deus por isso, rsrsrs
      Mas em contrapartida, tenho pensado demais, sentido muita coisa nova!
      Turbilhão de coisas, né?!

      E você vai fazer um ultra quando?
      Imagino a ansiedade, rs!

      Ah, vi o post das fotos! Que linda!!
      Quero fazer umas também, aqui em casa mesmo. Mas ando enrolando muito, haha

      Super beijo!

      Excluir
  3. calma já já vc vai ser ouvir sentir sua bolotinha rsrs um bj!!!que de tudo certo no exame!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ai, Naine, muita ansiedade pra ver minha bolotinha, rsrs
      Obrigado pela torcida! :)

      Beijão!

      Excluir
  4. Ai chuchu, essa fase é assim mesmo! Tem dias que são maravilhosos, lindos e cor de rosa, mas em outros tudo parece muito confuso, muito-muito.

    Fique bem e conte comigo para o que precisar.
    Caso queira tomar um suco no fim de semana, só me avise, estamos aqui!

    Beijos grandes!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ei, Dani! Obrigado, querida!!
      Eu tô bem, só pensando demais e não sabendo ao certo o que fazer com isso, aushaushuasa

      Tô doida pra marcar esse suco. Esse fim de semana vai ser corrido pra mim, mas vamos marcar logooo, ahsuahsua

      Beijo grande!

      Excluir
  5. Olhaí o primeiro trimestre com a bendita cara de primeiro trimestre!
    Se bem que essa coisa de pensar pensar e pensar dura os 9 meses, pelo visto. Eu entrei numa fase de mudar de ideia O TEMPO TODO. Imagine uma pessoa que tem um projeto de mestrado pra fazer e muda de ideia a cada 5 minutos? Complexo.
    Quanto à glicose, a culpa é inevitável, né? A minha deu normal, mas em compensação, descobri uma anemia. :( Já quis abrir umas chagas aqui por ter relaxado na alimentação. Mas calma que tudo se resolve.
    Rumo à ultra! uhulll!

    :**

    (ps: o computador escapou da choradeira com o post passado!)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Cara de primeiro trimestre é ótimo! hahaha
      Mudar de ideia o tempo todo ainda não chegou aqui, mas imagino que seja difícil também...

      Você tá tomando algum complemento pra anemia?
      Aqui eu tomo ácido fólico ainda, e nem sinal da dita cuja, amém!
      Mas não me aguento pra descobrir logo se é grave ou nem tanto essa minha leve alteração...

      Beijinhos!

      Excluir
    2. To tomando ácido fólico desde que descobri a gravidez e há tipo meses passei a tomar ácido fólico + ferro. Já li que a anemia é uma situação "normal" no segundo trimestre porque o sangue meio que fica "diluído", mas claro que tenho minha parcela de culpa nisso...E sua alteração não há de ser grave. Não com essa alimentação toda equilibrada. Estamos torcendo! Beijos!

      Excluir
  6. Olha Má, acho que posso dizer que sou meio "abençoada", se não fosse minha pancinha crescendo, eu nem diria q estou grávida: não fiquei emotiva, não tive enjôo, não vomitei, não mudei em quase nada, é até estranho se pensar bem!
    Mas olha, acho que é normalíssimo isso! o corpo muda muito, acho que a cabeça deve mudar tb!
    eu fiz exames de sangeu antes de engravidar e não deu nada alterado, talvez eu faça uns outros mais para frente, vamos ver o q a Dra. Cátia vai pedir! :-D
    bjoks e força! hehe
    www.meuparasita.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Uma benção mesmo, Carol! rs
      Por aqui não tive nada nada de enjoos, nem náuseas, nada disso...
      era só cansaço no comecinho. E agora essa coisa de pensar demais, refletir sobre tudo, rs...

      Meus exames de antes de engravidar também deram todos ok. Ai que raiva viu... mas tomara que não seja nada grave e que a Bolota esteja bem, só penso nisso!

      Obrigado pela força! :))

      Beijão!

      Excluir
  7. Ai estar grávida parece uma montanha russa né. A todo momento as coisas mudam. Mas isso deve ser maravilhoso, para aprendermos aos poucos como é ser mãe hehe Tudo é perfeito.

    E eu aqui, louca de vontade de parir numa Casa de Parto :( Aqui não tem meeeeesmo!!! Mas coisa boa essas consultas, maraavilhosas eu diria.

    Beijoo em ti e na bolota gostosa

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu até gosto dessas mudanças também, Ni! Pra me conhecer mais e tal, rs
      Tenho refletido sobre muita coisa, pensado muito... só não consigo exteriorizar ainda, era isso que eu queria, haha Mas vamos ter calma!

      Muito bom Casa de Parto mesmo, amiga! Deveria ter em todos os lugares!
      :)

      Beijo duplo pra ti!

      Excluir

Deixe seu comentário e faça uma família feliz :)