quarta-feira, 10 de julho de 2013

BC: "Como foi a suspeita e a descoberta da gravidez?"

Hoje é dia de blogagem coletiva, ieba!

Em janeiro desse ano, parei de usar meu anticoncepcional, que era um adesivo transdérmico
Desde o ano passado, sentia uma vontade imensa de começar as tentativas, mas sabia que não era a melhor hora ainda.  Janeiro também não era a hora ideal, mas não aguentei, eu simplesmente sabia que tinha que parar logo. Usei todos os três adesivos, que acabaram lá pro meio do mês, eu acho, e não coloquei mais. Em fevereiro, fui à médica que eu queria muito que me acompanhasse na gestação e parto. Fiz um papa, estava ótimo e fiquei de voltar quando recebesse o positivo.
Só que, conversando melhor com marido, vimos que seria melhor se esperássemos ainda mais um pouco, até maio, talvez, para começarmos a tentar efetivamente. Voltar pro adesivo eu não iria, até porque meus ciclos deram uma bagunçada básica, não queria me frustrar com isso de novo, nem confundir meu organismo. Ficamos usando camisinha todo esse tempo.

Minha última menstruação veio no fim de março. Depois disso, conversamos de novo, eu não queria esperar até maio. "Ninguém garante que vou engravidar de primeira, amor, vamos parar com a camisinha logo, pra eu não ficar tão ansiosa", foi o que eu disse pra ele. Ele concordou, mas disse que tinha chances de eu engravidar de primeira, sim!  Pois bem.

Liberamos geral, mas eu não controlei nada. Meus ciclos estavam em mais de 30 dias, nem sabia direito que dia era fértil ou não, nem procurei saber. Não medi temperatura, não verifiquei muco, não fiz absolutamente nada além do que tem que ser feito, haha.
Em meados de abril, teve uma festa de despedida de um amigo meu, que estava indo passar uma temporada na Austrália. Minha amiga e eu fizemos brigadeiro para a ocasião. E quando eu comi um pouquinho de leite condensado, simplesmente senti gosto de QUEIJO, e não comi mais, nem na festa! Na hora acendeu uma luzinha na minha cabeça " Bebê a bordo", mas estava muito cedo pra fazer um exame. Na verdade, pelas contas, eu deveria estar grávida de 1 semana, ou até menos, rs. Depois disso, segui a vida normal, mas tinha aquela sensação de ter sido mesmo.
Uma semana depois, comecei a sentir uma espécie de sensação no corpo, aqui perto do estômago, que eu nunca tinha sentido antes. Veja, não era no útero ou no baixo ventre, não tinha na da a ver; era em cima mesmo, abaixo do peito. É muito confuso tentar explicar isso. Sabe sensação de frio na barriga e borboletas no estômago? Uma mistura das duas coisas. Eu sabia que não era uma coisa física, mas um sentimento. Muito real. Depois, percebi que era um pressentimento bom, novo. Só o que eu podia fazer era esperar.
(mais sobre o que eu senti antes aqui).

No dia 28 de abril, um domingo, eu não aguentei e fiz o teste que tinha comprado na quinta-feira. Eu sentia uma fome descomunal, salivava muito à noite, que só passava com água gelada. E uma vontade doida de comer canjica às 21:00. Alguma coisa estava acontecendo, isso era fato.
Fiz o teste à noite, porque pra quê esperar a primeira urina do dia quando a gente já tem certeza, né?
Poucos minutos depois, estava lá a segunda listrinha, não muito forte, mas o suficiente pra eu saber que era a minha Bolota. Fiquei tão feliz e emocionada que fiquei muda, haha. Saí do banheiro, mostrei o teste pro marido. Nos abraçamos, curtimos aquele momento intenso. A gente se olhava e sabia que a partir dali nossa vida iria mudar. Na segunda de manhã, fiz mais um teste, só pra confirmar mesmo. À tarde, a notícia começou a se espalhar. Foi tudo muito rápido. E muito gostoso também. Receber carinho da família é sempre bom, mas nessa hora parece que é ainda melhor, rs.

Minha DUM não serve como referência para contar as semanas, porque engravidei depois mesmo; realmente meus ciclos estavam doidões. Mas o que importa é que Bolota tá aqui, tá bem e tá crescendo!

E foi isso! Agora é só alegria!



ps: quem é mesmo que vai falar o próximo tema? tô muito perdida no tempo e em todo o resto, rs; muitos beijos pra quem souber e me avisar :P

14 comentários:

  1. Quem fala sou eu!!! HHAHAHA Já falei, por sinal...

    Acho super legal que 90% das barrigudinhas dizem que já sabiam!!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hahahaha MEGA obrigado, Mari!
      Já vi e já salvei aqui, hasuhausha

      Ah, instinto de mãe é forte mesmo, né? ^^

      Beijo beijo!

      Excluir
  2. Xiiii, será que meu instinto é furado?!?!?! hehehe Eu tinha tanta certeza que o que eu estava sentindo era biscoitinho que fiz o teste antes da hora e deu negativo...daí acreditei que NÃO era..rsrs Só o marido que confiou até o fim..rs

    Kisses :*

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. ahhahaha
      era só medo dese enganar, eu acho, Tita! O instinto tá aí, sim ^^

      meu marido também já sabia, mas não falava nada, rsrsrs

      Beijinho!

      Excluir
  3. que legal no fundo eu tbm sabia..sei la é algo que não da pra explicar né

    que venham com muita saúde nosso bebes

    beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Inexplicável mesmo!
      Só sentindo pra entender ^^

      Amém, que venham cheios de saúde!

      Beijo beijo!

      Excluir
  4. Adorei! Ainda não sabia como vc tinha descoberto a gravidez!
    Super rápida rs
    Bjos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Foi rapidinho mesmo, Lalah, de primeira, haushausha

      Por isso são legais essas postagens, a gente vai se conhecendo mais, né?! :))

      Beijão!

      Excluir
  5. Tb não sabia direito da sua história, mais uma prova de que sexto sentido de mãe não falha !!!

    Beijokas!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. também não sabia muito bem a sua, Suzy!
      Já li e gostei muito ^^
      essa BC tá sendo mesmo ótima!

      Beijo beijo!

      Excluir
  6. Quero parar com o ac este mês, meu marido tbm fala que existe a possibilidade de engravidarmos logo, mas eu acho que não...

    Adorei saber mais sobre vc.

    Beijos

    ResponderExcluir
  7. Mari, lembro que te conheci e pouquíssimo tempo depois vc descobria o positivo e depois descobrimos que nossos babys vão nascer em datas bem próximas =), é uma delícia relembrar as histórias de descobertas!
    Bjuss

    ResponderExcluir
  8. que bom saber mais deste momento tão lindo seu bjs!

    ResponderExcluir
  9. Que fofo! Muito legal saber como voce descobriu a bolota aí!

    E sabe que eu também achei um brigadeiro com gosto de queijo depois de gravida? Foi só um dia, mas achei estranhíssimo! Que raio de negocio doido é esse? Rs!

    Bjs

    ResponderExcluir

Deixe seu comentário e faça uma família feliz :)