segunda-feira, 15 de julho de 2013

Quarto compartilhado

Tô doida pra começar as mudanças no quarto, preparar o cantinho da Bolota... mas vou ter que esperar mais uns meses, porque a mudança de cenário vai ser grande, e só vamos realizá-la lá pra outubro ou novembro. Explico:

Antes mesmo de engravidar eu já tinha tomado uma decisão: não comprar berço pro bebê.
Dentro de tantas e tantas viagens na blogosfera, acabei cruzando com o quarto montessoriano e super me identifiquei. Um espaço realmente para a criança, em sua totalidade, e não para a comodidade do adulto.

Foto daqui

Na verdade, quando eu vejo berços em lojas, em fotos, em outras casas, acho lindo demais da conta, não tem jeito. É o cenário que está implantado na nossa mente, desde sempre. Mas pensando no dia-a-dia, comecei a não gostar muito da ideia. Detesto a ideia de "tem que ensinar o bebê a dormir no berço" e coisas afim. E, ao que tudo indica, bebês odeiam berços, haha. Sem contar que é um móvel caro, ninguém merece (o povo acha que só porque vamos ter um filho, estamos nadando em dinheiro, só pode), mesmo aqueles que viram caminhas depois, podendo ser usados por muito mais tempo... não sei, não conseguia pensar em um pro meu baby. E apesar da maioria dos quartos montessorianos que eu vejo serem de crianças de uns 2 anos ou mais, não fazia sentido algum comprar um berço já sabendo que iria me desfazer dele dali pouco tempo. Sem chance. Baby iria pro chão desde que nascesse e pronto.

Por outro lado, Bolota não terá, à princípio, um quarto inteiro pra chamar de seu. Moramos com meus pais, como vocês já sabem, e não tem um quarto disponível só pro baby aqui. Mesmo que tivesse, mesmo que fosse uma casa só minha e do marido, dormiríamos no mesmo quarto num primeiro momento, até pra facilitar a amamentação noturna. Entretanto, não acho que vai rolar cama compartilhada também, pelo menos não tão cedo. Porque o Cleber é bem espaçoso à noite, e precisa muito dormir bem, ainda mais por causa da epilepsia (que está controlada, amém!). Também não temos uma king size, e acho importante termos um bom espaço pra dormir, porque é uma coisa é gostar de dormir juntinho, outra é não ter opção, rs.

Minha dúvida, antes, era: mas se eu não quero berço, não vai rolar cama compartilhada e não tem espaço para um quarto montessoriano inteiro só pro bebê, como faz?
A resposta é muito simples, caras amigas: vamos todos dormir no chão!
Se tivesse um quarto a mais, aqui ou em outro lugar, faríamos um assim desde cedo, bem completo. Mas não temos, então vamos ter que adaptar tudo.

O primeiro impasse foi que eu não queria me desfazer da minha cama, que é nova e está em ótimo estado. E ela é box, sem chance de fazer com que ela chegasse ao nível do chão. Mas jamais, em hipótese alguma, eu dormiria lá no alto e meu bebê lá no baixo, no mesmo ambiente, não me sentiria bem assim. Depois de pensar em várias alternativas, vários planos mirabolantes, pensamos numa coisa bem mais simples: vamos trocar de cama com o meus pais! Às vezes, a resposta tá bem mais perto do que esperamos. A ideia, inclusive, veio da minha mãe - que no começo ficou meio em dúvida com essa ideia, achando que seria mais difícil eu, de barriga gigante e recém parida, dormindo no chão, mas agora já curte a ideia. Eles têm uma cama daquelas "tradicionais", com cabeceira, etc. Vamos passar a nossa box pra eles, desmontar a deles, guardar a cabeceira e os pés e ficar só com o colchão e com o estrado. Êêê, todascomemora essa solução genial.
Mas e a cama da Bolota? Eu não queria um colchão direto no chão, porque fica mofado embaixo. Também não daria muito certo colocar sobre um tapete, porque a mamãe aqui é super alérgica. Pensamos em fazer um estrado de pallets ou mandar fazer uma base bem baixinha no marceneiro. Depois, navegando na internet (como sempre), cruzei com uma caminha infantil e fiquei apaixonada. Olha ela aí:

 Foto daqui

Atendia as minhas expectativas de ser baixíssima, mas não ficar diretamente no chão. E vai ficar mais ou menos na mesma altura que nós.
Ontem marido e eu fomos à Tok Stok ver a bendita ao vivo e à cores. Vai que era bem diferente do que eu imaginava, né?! Primeiramente, preciso dizer que adoro ir passear nessas lojas, mesmo não comprando um item sequer, haha. Era tanto quartinho infantil lindo que eu quase pirei, rs. Claro que tem uns bem forçados pro meu gosto, mas são tão pequeninos, os detalhes tão fofos...
Enfim! Acabei vendo mais umas duas caminhas que gostei também. Não têm essa "proteção" aí do lado, mas são lindas. Ao vivo é bem melhor que no site, nem se compara. Mas essa aí de cima, por enquanto, continua sendo a preferida.
Não vamos ficar como se fosse uma big cama, os espaços do baby e o nosso vão estar bem traçados - o que não impede que Bolota fique do nosso lado no meio da madruga, haha - mas acho que vai ficar bom de todo jeito.
Vamos pintar as paredes; na verdade, acasa toda, pra ficar novinha pra chegada do novo morador. O nosso armário dará lugar à outro, um pouco menor; e vamos comprar um pequenino, de duas portas, só pro baby. E na parede em que ficar a mini cama, vou fazer uns enfeites, uns móbiles, umas coisinhas decorativas só pra Bolota. Será o cantinho dela ^^

É isso!
Por enquanto apenas imaginando como ficará tudo daqui uns meses. E preciso decidir mesmo quais enfeites vou fazer, pra comprar os materiais e começar os trabalhos.

Estava aqui fazendo o post e pensando: mais fácil seria só comprar uma cama de solteiro e fazer uma extensão da minha. Mas pra quê simplificar quando podemos inovar os conceitos, não é mesmo? rs ;)
Não vejo a hora de mudar tudo!

17 comentários:

  1. A-P-A-I-X-O-N-A-D-A por essa caminha! Que coisa mais gostosa! <3
    A gente não ia ter berço, mas acabamos por ganhar e eu até gosto dele porque é simples (da cor da caminha, aliás). Tenho a ideia do quarto montessoriano arquivada aqui pra ser colocada em prática logo que a gente mudar de casa porque aqui também não tá sobrando quarto e ela já ia ficar conosco de qualquer jeito.
    Mas imagine você que a essa altura ainda não arrumei nada de quarto. Qualquer coisa, se ela se apressar, dorme no sling enquanto a gente ajeita o resto. hahahahahaha

    Beijoo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Também amei a caminha!! Ao vivo é ainda mais fofa, toda mini, haha
      É, tem dessas né, ganhando de presente não dá pra recusar não, haushausa

      Bebê pertinho dos pais é o que há <3
      e aposto que Malu nem vai reclamar se chegar e o berço não tiver montado ainda, ehehe ;P

      Super beijo!

      Excluir
  2. nossa Má! acho que somos grávidas gêmeas! hahahahaha
    Não vou comprar berço pro parasita tb! é caro e inútil! minha idéia a princípio era tb fazer um quarto montessoriano, mas o meu problema é que em casa, eu tenho pouco espaço e preciso de gaevtas pra guardar o que for preciso dele...A princípio, pegaríamos a cama que era do marido, mas sogra não liberou...achei uma linda nauqele site meu móvel de madeira, como eu queria, cheia de gavetas, mas está cara....vi hj uma no Etna e estou tentada a comprar..é mais em conta: http://www.etna.com.br/CAMA--LINCE--2-GAVETAS-6650.aspx/p
    E com relação à proteção, marido que é meio marceneiro, vai fazer uma espécie de barreira pra criança com umas ripinhas que tem em casa.... e na boa, uma proteção mesmo, nada de grades altas que impeçam que ele veja o mundo. que ele sente e possa ver tudo...
    No começo de vida dele, estou pensando em deixá-lo dormindo ao lado da minha cama no carrinho. Entre nós é complicado, pq gosto de dormir colada no marido e a gata tb...hehehhee Acho q um baby ia ficar meio lotada a cama.... Depois, quando ele estiver maior, colocamos na caminha....
    tb vamos pintar o quarto, dar um up no visual! hehe
    bjsss
    Carol
    www.meuparasita.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Gêmeas totaaall!! Adorei isso! haha
      Praticamente a mesma ideia! Se eu tivesse um quarto a mais ia ser isso também: dormir no carrinho ao lado da minha cama e depois caminha no chão ^^
      Aliás, até pensei em ser o carrinho no começo (minha prima vai me emprestar o dela, que tem moisés), mas vai durar "pouco" né? logo ia ficar meio apertado, e a preguiça pra mudar quarto com bebê novo em casa? rs daí já quero ver isso antes de nascer mesmo.

      Linda caminha! Vi uma muito parecida ontem na Tok Stok também, até tirei foto pra decidir depois, hehe. Apoiada na ideia!! Vai ficar lindo o quartinho do parasita ^^

      Beijão!

      Excluir
  3. Rá, apaixonei-me!!!! Desculpa, mas Laura terá a mesma cama que Bolota. E ela vai usar ANTES da Bolota!!! hahahahahahaha

    estou enlouquecida atrás de uma cama para Lalá, não gosto de NADA, de NENHUMA, e as que eu gosto são além do que eu jamais poderia pagar.... então vc me vem com esta cama????? Rá!!!! Adorei.

    Se importa de eu comprar?

    Adorei tudo.

    Não faria quarto montessoriano, embora eu goste muito da ideia, pq eu não acho muito prático. Call me crazy, mas eu ainda gosto de ter as coisas sob controle e ser EU a me virar no quarto da Laura. Eu preciso do armário, preciso do berço para ser mais simples de colocar e tirar, preciso da poltrona de amamentação para fazer a Laura dormir, preciso de tudo o que tenho no quarto da Laura para tornar a minha vida mais fácil, enquanto ela ainda é muito pequena. Daqui um tempo, faço um quarto mais montessoriano para ela, mas enquanto ela é um bebê (desde que nasceu) eu não vejo praticidade na filosofia, não.

    De qualquer forma, admiro todas que pratiquem o método, pq ele parece ser muito bom.

    Beijos grandes!!!! Para vc e para Bolota!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hahahaha Claro que não me importo da Lalá ter a caminha antes da Bolota! :D
      E que lindo que te ajudei, mesmo sem querer, rs!
      É difícil mesmo achar alguma coisa que nos agrade nesse mundo tão cheio de frufru, como é o infantil, né?
      A caminha é ainda mais linda ao vivo, super apoio a sua decisão de comprar também \o/

      Quanto ao quarto, entendo perfeitamente o que você diz. Eu penso que terei umas dores nas costas até me acostumar, mas tô empolgada (acho que a louca sou eu, não você! haha). E aqui não será todo montessoriano, porque né? Será do pai e da mãe também. É só mesmo a ideia da cama que eu vou pegar, hehe - também preciso de guradarroupa, rs.

      Beijão pra você e pra Lalá! ^^

      Excluir
  4. Estou com drama parecido. Vamos mudar logo após o bebe nascer e pro apê novo já estava pensando num quartinho montessoriano com cama baixíssima ou só estrado e colchao mesmo.
    Até lá e provavelmente até vários meses o esquema será quarto compartilhado. Estou procurando aqueles bercinhos que acoplam na cama que acho mais fácil pra amamentar de noite e o bebe tem mais espaco. Só pena que sao caros esses móveis.
    Bjs,
    Elisa

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Te entendo, Elisa!
      Também temos planos de mudança de casa, mas um tempinho depois da chegada do baby.

      Vixe, pior que não sei onde têm esses bercinhos aí que você quer. Acho super legal também. Deve ser mandando fazer, né?
      Essa caminha que eu gostei, ainda bem que é mais barata que um berço, porque olha, tudo caro por aí, viu!

      Boa sorte na busca!

      Beijo beijo!

      Excluir
    2. Oi Marina,
      aqui na Alemanha tem esses bercinhos, mas o problema é o preco mesmo.
      Custa mais que um berco e se usa por muito menos tempo porque é só a metade do tamanho de um berco. Depois dá pra usar como banco ou revender bem (vi usado por 80% do valor do novo :O). Ontem procurando carregador de pano na net vi um site em promocao, com os bercinhos por um preco bem interessante. Minha cunhada usou um emprestado desses, vou dar uma ligadinha pra ela pra ver se vale a pena.
      Outra possibilidade sem custo é deixar no moises do carrinho, mas acho o bercinho acoplado tao mais prático e confortável.
      Pois é, aqui tem coisas bem baratas, mas quero optar (quando dá né, pois estamos comprando apê) por produtos menos tranqueira e mais qualidade (pode ser de segunda mao) que depois ficam pro segundinho ou dá pra revender. Pro carrinho estou negociando um usado da Bugaboo que é o que eu me apaixonei, mas custa uma pequena fortuna. Tb preciso conversar com a minha cunhada pra saber o que podemos emprestar dela (ela é bem zen entao deve achar cedo, mas né, já fechei 18 semanas!).
      Nunca vi caminhas baixinhas por aqui, mas mudarmos acho que vou comprar uma simplinha tamanho junior e mandar serrar os pés. O resto dos móveis, ufa!, serao reaproveitados de casa (preciso pinta-los!).
      O Brasil está caríssimo! Acho que se eu colocasse preco que eu acho caro vocês iriam achar barato. Moro a 7 anos aqui e a cada visita me apavoro. Até coisas que costumavam sair menos no Brasil, como sapatos e restaurantes, nao sao mais. No supermercado só acho fruta e carne mais em conta no Brasil.
      Bjs,
      Elisa

      Excluir
  5. Gente que coisa linda essa caminha, ameeei! Sim, o custo dos berços são abusivos! A gente ganhou o nosso, ainda bem, se não o Anthony ia ficar só com o moisés (que foi a unica coisa q a gente comprou e será usado no nosso quarto nos primeiros meses) e depois iria direto pra cama!

    Sobre o chá, faça! Achei que valeu muuito a pena, apesar do trabalhão financeiramente falando compensou, e egoistamente falando (haha!) vai ser a ultima festa que a atenção será só sua!!!! =D

    Beeijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. :)) não vejo a hora de comprar a caminha, Jacky!

      Ainda que vocês ganharam , né?! Porque são bem salgadinhos no preço mesmo.
      Oiin, que lindo que ele tem um moisés *--*

      Vou ver aqui uma melhor data pro chá, acho que gostei da ideia, haha
      (sem brincadeiras, igual o seu, hehe)

      Beijinho!

      Excluir
  6. Acho maravilhosa a proposta do quarto montessoriano e quero muito fazer quando o baby estiver maiorzinho.
    O quartinho será presente da minha mãe, fica meio dificil cortar a empolgação dela de comprar um monte de coisas para o primeiro neto, mas tbm queria fazer um quarto compartilhado.
    Bjuss

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Te entendo, Má! Avós empolgadas são demaais, haha
      a minha mãe também tá bem animada, mas como eu já falo isso da caminha há bastante tempo, ela se conformou, haha.
      Mas quem sabe seu príncipe não fica no mesmo quarto que vocês no comecinho, né? Dois quartos é muito chique, rsrrs

      Beijão, querida!

      Excluir
  7. Ai, Marina, esse é meu maior dilema! Amo a filosofia montessoriana, mesmo sabendo que em casa não teríamos espaço pra fazer um quarto tão incrível como os que eu vejo por aí. Mas, enfim, adaptar sempre é possível, né? Essas camas da Tok Stok são lindas, já vi ao vivo também!
    A questão é que eu e o marido temos hérnia de disco (pobre criança, com essa genética!) e eu acho que a rotina de viver com o bebê no nível do chão provocaria muitos problemas pra gente, já no curto prazo mesmo. Aí fico nessa, de não comprar berço, de ir direto pra cama infantil com grades, ou usar um moisés no começo e depois partir pra cama baixa... Baita dúvida! Fico feliz por vocês já terem encontrado uma solução. Bolota vai amar o quartinho!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eita, com hérnia de disco fica complicado mesmo, Marina.
      Mas adaptar é possível, sim, sempre :)
      O moisés ao lado da cama, no começo, é uma boa pedida, eu acho. Pertinho de vocês. Ou um berço mesmo, né?!
      Tenho certeza que encontrará a melhor solução pra vocês...
      qualquer coisa, tô por aqui!

      Beijinho!

      Excluir
  8. Ahhhh mais uma coisinha que pensamos igual hahaah
    Eu aaamo quartos montessorianos, mesmo mesmo, me apaixono por cada foto que vejo. Óbveeo que o futuro baby terá um quarto assim, mas aqui já começou a polêmica também "pobre criança, dormir no chão, que maldade". Ai explico que não é no chão, é uma cama mais baixa..não adianta, dizem que berço é a "melhor coisa". Cada um com sua opinião e cuidando do seu filho do jeito que acha melhor. Eu e Andrei já decidimos que será esse quarto, pois concordo e o quarto é do bebê, ou se não tem um quarto só, como é o teu caso, tem que ter um espaço dele. Fico pensando em como me sentiria se quisesse mexer nas minhas coisas, do meu quarto e não pudesse...é péssimo, as vezes preciso de algo que está beem no alto, aí tenho que pedir pro Andrei pegar, chaato sabe, ai imagino o bebê, que nem vai saber falar ainda, como vai nos dizer que quer o brinquedinho que está lá no alto? hahahha tadinho. Vai ficar tudo que ele "precisa" na altura dele, os brinquedos, jogos, coisas que pretendo arrumar no quartinho só para ele. Acho lindo.

    E essa cama eu ameeeei, vou dar uma olhada também, quem sabe não compro igual hahah todos babys com a mesma cama, que lindo.

    Beijoss em ti e na Bolota

    ResponderExcluir
  9. Nossa essa palavra montessoriano me arrepia, rsrss
    Estudei tanto essa filosofia na pedagogia da educação infantil e creche, rsrsrs

    Adorei o quarto que vc postou, mas sou tradicional e super quero um berço, acho tão fofinho!!E aqui será presente da vovó nem dá para recusar!
    Mas dá para adaptar algumas ideias para o quarto, abri a página citada e tem muitas ideias legais!

    Beijos

    ResponderExcluir

Deixe seu comentário e faça uma família feliz :)