quinta-feira, 14 de novembro de 2013

sintoma de saudade

Ontem eu chorei.
Não sei, deu uma saudade danada da bolota.
É tão estranho isso.
Ela morou aqui dentro, mas não chegamos a nos ver.
Foi tão pouco tempo.
"O necessário", posso pensar. Mesmo assim, pouco.
Ela fez parte de mim, mas nem deu tempo de ensinar nada a ela.
Só de aprender.
Ela foi tão real.
Não foram muitas lágrimas, mas caíram e doeu.
Eu sofri muito quando aconteceu.
Depois, mesmo poucos dias após, eu não chorava mais com tanta frequência.
Me concentrei em entender e ressignificar tudo.
Que foi a forma que encontrei de não cair num buraco sem fundo.
Quando chorava, sempre passava logo.
Eu contava a história sem lágrimas ameaçando cair.
Só um ar meio triste mesmo.
Mas contei tantas vezes que já estava meio automático aquela sequência de fatos.
Cheguei a pensar que eu estava insensível demais.
Mas só eu sei o tamanho da tristeza que mora aqui dentro.
Não preciso sair anunciando aos quatro cantos do planeta.
Essa é que é a verdade.
Aí ontem eu relembrei de novo.
E quando vi já estava chorando.
Marido disse que tudo bem sentir isso, que não é errado.
São só o seus sentimentos. Foi o que ele me disse.
E ainda me garantiu que ela está em nós dois agora.
Naquele cantinho só dela,
Lá no meio do peito.
Sim, ela ainda está aqui.
Nas minhas lembranças, no meu amor.
E na minha saudade.
Parece que faz tanto tempo.
Parece que foi sempre assim.
Obrigada, minha bolota, por ter me escolhido.
Não tenho palavras para te agradecer por tanto bem que você me fez.


19 comentários:

  1. Oi querida...
    Não sabemos os planos do senhor..mas sabemos que são perfeito..

    Logo logo seu lindo presente será entregue nas suas mãos!!

    torço mto mto por vc..de coração!!

    Vem fazer parte do nosso grupinho do face...

    https://www.facebook.com/groups/querosermamae/

    beijinhos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Rosa, obrigada pelo carinho, viu?
      :))

      Beijinho!

      Excluir
  2. Arrepiei.....
    Imagino que não passa de repente, nem rapidamente....
    vai demorar para sarar, para curar...
    mas tambem acho que ela sempre vai te trazer um pouco de melancolia, pelo menos até outro bebezinho chegar, em carne, osso, choros e fraldas, para ocupar sua mente e seu coração. o lugar será sempre dela, sempre, mas sua mente vai viajar mais quando outros momentos vierem.
    sinta tudo, sinta sempre, não finja que não dói. vc está certa: chore, dedique-se e depois, quando passar, a dor vai embora e fica sóóó a nostalgia....

    um grande beijo!!!
    fique bem!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, Dani, também acho que a melancolia estará sempre aqui, no lugar dela, algumas vezes mais longe, outras mais presentes - pelo menos até quando o próximo bebê chegar nesse mundão, literalmente. Aí acho que as coisas terão uma perspectiva diferente.

      Obrigada, viu?!
      Beijo grande!

      Excluir
  3. a saudade e inevitável peço a Deus que cure seu coração bjs!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Amém, Naine. Ele há de curar, sim.
      Valeu :)

      Beijinho!

      Excluir
  4. Com amor e carinho pra você Marina. http://youtu.be/0fuRWL82Ki0

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada pela música! Sempre ajuda a acalmar a alma :)

      Beijo!

      Excluir
  5. Bolota será para sempre bolota.
    Deus não nos dá uma cruz que não podemos carregar, se Ele sabe que você é forte para suportar, então, és. Acredite no poder divino, como vem fazendo, e se permita sentir quando a saudade vir. Saudade não passa. Saudade dói para sempre. Mas a gente aprende a viver com ela. Bolota está no céu das bolotas, olhando pela mamãe e torcendo por todas as coisas maravilhosas que ainda estão para acontecer na sua vida! Você é uma pessoa maravilhosa, e ela com certeza tem bastante orgulho de você!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Verdade, Morgana, também acredito nisso do peso x nossa força. Aliás, obrigada por me lembrar disso.
      Ela está sim lá no céu das bolotas (adorei, rs). Já fico emocionada pensando que ela mesmo me olhando de lá <3

      Obrigada mesmo pelas palavras, me ajudaram muito!!
      Beijo grande!

      Excluir
  6. É, Má...saudade é um bicho traiçoeiro que às vezes faz doer sem a gente entender "de onde"..
    Mas saudade também é sintoma de amor puro, e isso não falta pela Bolota, por isso o sentimento vai estar sempre por aí...
    E concordo com a Dani...acho que isso tudo alivia quando o próximo bebê chegar no seu colo!
    Fique bem!
    Um abraço apertado e um beijo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é, Gabi. Ela chega assim sem avisar, sem dizer porquê.
      Se Deus quiser em breve as coisas estarão ainda mais calmas. Amém, rs!

      Abraço apertado! e obrigada pelo carinho! :)

      Excluir
  7. Posso te dar um abraço? Ainda que virtual?
    Um beijo meu

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Claro que pode, Nivea! Abraços são sempre válidos e bem-vindos!
      \o/
      Obrigada mesmo, viu?

      Beijo beijo!

      Excluir
  8. Sim, sim, chore, sinta. Vc sabe o quanto acredito do poder curativo e evolutivo disso. Mas também, acredite. Acredite que essa saudade será menos dolorida um dia. :/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Choro, sinto e acredito. Tudo junto e misturado, rsrs.
      Uma hora as coisas hão de ser mais amenas, se Deus quiser :)

      Obrigada!
      Beijo beijo!

      Excluir
  9. Marina, você me deixou um abraço apertado quando me doeu e eu agora deixo um ainda mais apertado!!!
    Deixa as lágrimas caírem que dizem que faz bem!!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oun, Mari! Obrigada por tudo, viu?!
      Dizem que faz bem mesmo, né?! Vamos ver se é verdade, rsrs

      Abraço apertado!

      Excluir
  10. Marina, leio seu blog, mas acho que nunca comentei. Perdi um bebê tbm. Tem mais de um ano. No mês seguinte, estava grávida de Mariana, essa criança rosada e gordinha, que está no meu colo e me faz feliz. Mas te digo: ainda dói! Acho que doerá para sempre... com diferente intensidade. Acredite, logo vc vem ser mãe DE NOVO. Pq foi pouco tempo, mas vc foi mãe da sua Bolota. O meu que morreu, tinha so 6 semanas. Dei o nome de Ariel. Desejo-lhe conforto e esperanças.
    Scheyla e Mari.

    ResponderExcluir

Deixe seu comentário e faça uma família feliz :)